Pular para Navegação

Profa. Dra. Verena Kewitz

Possui graduação em Letras pela Universidade de São Paulo (1997), mestrado em Filologia e Língua Portuguesa pela Universidade de São Paulo (2002), doutorado em Filologia e Língua Portuguesa pela Universidade de São Paulo (2007) e Pós-Doutorado em Linguística pela UNICAMP (2008-2010). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Língua Portuguesa, atuando principalmente nos seguintes temas: Abordagem multissistêmica da língua, História do Português Brasileiro, Estudos de Língua falada, Linguística Cognitiva, Semântica Cognitiva, Tradições Discursivas, estudos de sintaxe e edição de corpora do Projeto de História do Português Paulista (PHPP I e II) e Projeto Para a História do Português Brasileiro (PHPB) desde 1997. Atua também como pesquisadora associada no Núcleo de Pesquisas em Morfologia e Semântica (NEMP, UFRJ) e do Grupo de Pesquisa Investigações (In)formais em Lingua(gem) e Cognição (InFoLinC) da UNIFESP.


Projetos de Pesquisa

1. Vésperas Brasilianas: uma agenda para os estudos sintáticos do Português Brasileiro nos primeiros séculos

Descrição: Este projeto, vinculado ao Projeto Temático "História do Português Paulista", tem como objetivo central apresentar uma agenda para os estudos sintáticos dos primeiros séculos do Português Paulista (XVI e XVII). Paralelamente será apresentado um estudo dos mesmos fenômenos sintáticos em textos portugueses dos séculos XV, XVI e XVII. A agenda é composta pela análise da estrutura argumental e valência verbal, preposições, concordância verbal e nominal e estratégias de junção..

2. Formação de Corpora do Português Paulista

Descrição: Os objetivos principais deste projeto são selecionar, coletar e editar textos de interesse para a história do Português Paulista, do século XVI ao XX. Ao estudar a história de uma língua, depara-se com diversos desafios, dentre eles as fontes para a coleta dos dados linguísticos. Esse problema refere-se ao grau de proximidade com o vernáculo ou falares cotidianos presentes nos textos de sincronias passadas. No entanto, acredita-se que as análises possam se basear tanto em textos oficiais, mais formulaicos, com alto grau de controle, quanto em textos mais particulares, menos formulaicos e, portanto, mais próximos da oralidade. Tendo esses dois polos como parâmetro, pode-se assegurar uma exploração dos textos e de suas respectivas marcas linguísticas com maior precisão e cuidado..

3. Projeto de História do Português Paulista 2

Descrição: Projeto Temático de Equipe. O Projeto de História do Português Paulista compreende três subprogramas: (1) constituição de um corpus diacrônico, (2) história social, (3) mudança gramatical, esta compreendendo duas orientações, a gerativista e a funcionalista. A equipe conta com pesquisadores das três universidades oficiais paulistas e alunos de graduação e pós-graduação..

4. Projeto Para a História do Português Brasileiro

Descrição: O projeto compreende três subprogramas: (1) constituição de um corpus diacrônico, (2) história social, (3) mudança gramatical, esta compreendendo duas orientações, a gerativista e a funcionalista. As equipes locais se reúnem continuadamente, havendo a cada dois anos uma reunião nacional, em que se apresentam estudos previamente selecionados. Após debatidos, são publicados numa série que conta atualmente 9 volumes. A equipe paulista conta com pesquisadores das três universidades oficiais e alunos de graduação e pós-graduação.


Grupos de Pesquisa

História do Português Paulista

site / DGP

Investigações (In)Formais em Língua(gem) e Cognição - InFoLinC

site / DGP


 

E-mail: kewitz@usp.br

Currículo Lattes



Dr. Radut Consulting