Pular para Navegação

Docentes, disciplinas e projetos vinculados à linha "Linguística Aplicada do Português"

Docentes

Prof. Dr. Manoel Luiz Gonçalves Corrêa

Prof.ª Dra. Maria Helena da Nóbrega

Prof.ª Dra. Maria Inês Batista Campos

Prof.ª Dra. Norma Seltzer Goldstein

Prof.ª Dra. Rosane de Sá Amado

Prof. Dr. Waldemar Ferreira Netto

Prof.ª Dra. Zilda Gaspar Oliveira de Aquino


Disciplinas

 
Disciplinas introdutórias
Português como língua materna: tópicos em eltramento acadêmico - Ensino e Pesquisa
Abordagens teóricas e atualizações práticas no ensino de Português para falantes de outras línguas
Gêneros do Discurso e Letramento na perspectiva de uma ciência dialógica da linguagem
 
Disciplinas de aprofundamento
Tópicos de fonologia e morfologia na aquisição do português segunda língua/língua estrangeira (L2/LE) – 
Constituição da prosódia como série temporal na língua portuguesa
Estilística II -– estilística e poesia: leituras do poema
Projeto do Círculo de Bakhtin para os estudos da linguagem
Abordagem quantitativa do léxico e da fonologia da língua portuguesa
Léxico e Discurso no Ensino de Português língua materna e Português para falantes de outras línguas

Projetos

Entre o dizer o dito: letramento acadêmico no ensino e na pesquisa, como parte do Projeto CAPES-COFECUB 834/15: Discurso acadêmico na pesquisa e no ensino: questões em torno da apropriação da palavra de outrem

Descrição: Assumindo que a problemática do letramento, seja ele inicial ou não, põe o pesquisador diante da dificuldade de estabelecer fronteiras entre fatos de linguagem só aparentemente isolados, este subprojeto tem por meta a exploração da zona fronteiriça que é, talvez, a principal delas: a que se pode observar entre o dizer e o dito, aproximação usada, aqui, num sentido um pouco diferente daquele do título do livro de Oswald Ducrot (1997). Ao tomar como objeto de pesquisa práticas que estão permanentemente em transição, ora o pesquisador se depara com a nem sempre fácil delimitação do campo do oral e do letrado; ora constata a interpenetração entre saberes formais e informais; ora detecta a convivência entre formas tradicionais e novas de comunicação; ora é confrontado com suportes e circulações de textos que se movimentam de uma dimensão espaço-temporal restrita para outra, muito ampla; ora capta uma pesada voz institucional ao lado de discursos não-institucionalizados; ora captura a voz do escrevente, ora é a voz de um outro que se faz ouvir. Neste subprojeto, em que todas essas formas de transição são concebidas como casos de apropriação da palavra de outrem e, portanto, como partes da relação entre o dizer e o dito tomada como condição de linguagem, o corpus é constituído a partir do banco de dados do grupo de pesquisa CNPq Práticas de leitura e escrita em português língua materna, atendo-se, nesta pesquisa, a dois conjuntos de textos. O primeiro deles foi produto de coleta realizada pelo pesquisador responsável por este subprojeto e reúne 79 textos produzidos por alunos do primeiro ano do curso de Letras, frutos de uma experiência com o ensino do gênero painel (ou pôster); o segundo é composto por 07 artigos acadêmicos, ainda em vias de publicação, produzidos por participantes e/ou convidados como parte das atividades do mesmo grupo de pesquisa, incluindo mestrandos, doutorandos e pós-doutorandos, com a particularidade de que a produção dos textos do segundo conjunto resultou de estudo analítico do material do primeiro conjunto. A depender do andamento da pesquisa, esse material poderá ser ampliado. Como expectativa de resultado, este subprojeto pretende observar as formas de apropriação do discurso de outrem nos dois conjuntos de textos, investigando, no segundo conjunto, além dessas formas de apropriação, também o modo como os pós-graduandos captam o fenômeno em eventuais referências que façam a ele ao analisarem textos do primeiro conjunto.

Responsável: Prof. Dr. Manoel Luiz Gonçalves Corrêa

Escrita e letramento acadêmico: conceitos de trabalho e outros encaminhamentos para o ensino e para a pesquisa

Descrição: Este projeto inclui temas cujo aprofundamento têm requerido, no interior da problemática do letramento acadêmico, atenção mais duradoura em pesquisas desenvolvidas por mim, ao lado de outros temas, mais recentes: (a) o da relação letramento/oralidade no tocante à concepção de escrita que orienta a produção desses textos; (b) os das relações dialógicas, de tempo/espaço e de temporalidade(s)/espacialidade(s), os quais estão na base das concepções de enunciado, de gênero do discurso, de texto e de discurso; (c) o do processo de letramento no contexto de formação do aluno para o ensino (futuro professor) e para a pesquisa (futuro pesquisador); e (d) o do processo de elaboração de conceitos de trabalho para o ensino, entendidos como instrumentos didáticos formulados a partir de quaisquer das dimensões da linguagem com a finalidade de oferecer aos alunos elementos para reflexão e intervenção sobre/na sua própria escrita. O objetivo da atual pesquisa é investigar como se dá o processo de letramento acadêmico, observando, em particular, como se dá o desenvolvimento da escrita (e da leitura) de pré-universitários e universitários (graduandos e pós-graduandos) e propondo, a partir disso, encaminhamentos para o trabalho em sala de aula. O material disponível para análise é constituído de textos produzidos por estudantes em diferentes momentos de inserção no ambiente escolar e em diferentes situações. O banco de dados, constituído desde 2001, é composto por material coletado em três situações: (a) de avaliação; (b) de aula e (c) de edição para publicação. Fazem parte dos textos produzidos em situação de avaliação: 3363 respostas à questão discursiva de Letras e Linguística, número que corresponde a cerca de 20% do total de respostas obtidas no exame de 2001; 270 redações dissertativas sobre o tema Trabalho, produzidas por candidatos ao curso de Letras da USP por ocasião do Vestibular FUVEST/2006; e 307 redações dissertativas sobre o tema Fronteiras, produzidas por candidatos a diferentes cursos da USP por ocasião do Vestibular FUVEST/2009. O material produzido em situação de aula (o pesquisador era também o professor) foi coletado no decorrer do ano de 2013 e reúne: 79 textos obtidos no processo de ensino do gênero painel (ou pôster) por alunos do 1º ano do curso de Letras (diurno) da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP; 100 resenhas obtidas no processo de discussão de textos teóricos por pós-graduandos do PPG. em Filologia e Língua Portuguesa da USP. O material produzido em situação de edição é composto de 06 capítulos de livro de autoria de doutores e doutorandos, obtidos durante o processo coletivo de edição para publicação de um livro (o pesquisador era também o organizador do livro). Foram coletados, também, materiais de apoio produzidos pelo professor/pesquisador, tais como: planejamento das atividades e anotações sobre como se desenvolveram essas atividades em situação de aula ou de edição. A base teórica do projeto constitui-se de cinco fundamentos, expostos em Corrêa (2013), a saber: (1) o fundamento pragmático-enunciativo de toda produção escrita; (2) o fundamento discursivo da identidade do sujeito, considerada a relação de alteridade em seu sentido forte; (3) o fundamento indiciário do material linguístico na escrita; (4) o fundamento dialógico para o ensino da escrita; e (5) o fundamento discursivo do material linguístico e do sujeito na elaboração de conceitos de trabalho para o ensino. Metodologicamente, a análise dos textos é orientada por uma abordagem qualitativa, podendo, eventualmente, recorrer à quantificação como modo de comprovação estatística. A expectativa é produzir uma pesquisa de base (análise dos textos e interpretação dos resultados segundo os temas indicados) que tenha alcance de aplicação no ensino.

Responsável: Prof. Dr. Manoel Luiz Gonçalves Corrêa

Atuação Profissional em Letras

Descrição: Integrando disciplina da graduação, este projeto busca analisar a diversidade de atuação para os profissionais de língua portuguesa, idiomas estrangeiros e suas respectivas literaturas e culturas, bem como demonstrar formas de integrar-se no mercado de trabalho. O objetivo é ampliar o conhecimento do estudante sobre sua atuação profissional na sociedade do conhecimento, sob a forte influência das tecnologias de informação e comunicação. Conhecendo o mercado empresarial, editorial e educacional, é possível criar plano de carreira adequado aos interesses e competências pessoais.

Responsável: Prof.ª Dra. Maria Helena da Nóbrega

Letramentos, ensino, memória: a análise dialógica do discurso

Descrição: Descrição: Este projeto tem como tema principal o estudo das práticas de produção escrita e o ensino dos estudos gramaticais presentes nos materiais didáticos de língua portuguesa do ensino fundamental II e do ensino médio. Com base na noção de arquitetônica de Bakhtin e o Círculo, e possíveis articulações com os múltiplos letramentos em materiais didáticos, este projeto pretende: a) Investigar as base filosóficas e epistemológicas do conceito bakhtiniano de arquitetônica. Com frequência, muitos que estudam esse conceito o relacionam a conteúdo. Essa questão foi abordada por Bakhtin em ensaios filosóficos (1919; 1920-1924; 1920-1923). No ensaio O problema do conteúdo, do material e da forma na criação literária (1924), ele procura estabelecer a diferença entre forma composicional do gênero e formas arquitetônicas, atribuindo a primeira o caráter de estabilidade, ?teleológico?, ?utilitário?, ? embora ?inquieto? ? disponível para realizar ?a tarefa arquitetônica?. Já, as formas arquitetônicas são formas de valores morais e físicos do homem estético, formas da natureza enquanto seu ambiente, formas do acontecimento no seu aspecto de vida particular, social, histórica, etc. (1998: 25). Essa distinção entre ?forma composicional? e ?forma arquitetônica? parte da ideia de que esse último conceito nasce de um pensamento que tem o ser humano como centro de valor, porque há um homem que fala, que se interroga e que procura estabelecer relações interativas, formulando perguntas e respostas diante dos acontecimentos da vida; b) Identificar, analisar e discutir as coleções didáticas aprovadas no Programa Nacional do Livro Didático de língua portuguesa (2012/2014), buscando identificar semelhanças e diferenças entre as propostas de produção escrita e as de estudos de gramática e fazer o levantamento das categorias de análise, procurando reconstituir o projeto arquitetônico das coleções no eixo diacrônico e sincrônico; c) Desenvolver subsídios para materiais didáticos dirigidos especificamente ao Ensino Médio, especialmente para produção escrita, de diferentes práticas de análise dos materiais didáticos de língua portuguesa, com a finalidade de proporcionar ao professor uma formação como leitor investigador e crítico. Neste projeto, são esperados os seguintes resultados: teses e dissertações concluídas pelos orientandos; participação em eventos científicos com apresentação dos resultados parciais da pesquisa; publicação de capítulos de livros e livros, de artigos em periódicos. O projeto está articulado a dois Grupos de Pesquisa: GEDUSP/USP/CNPq e Linguagem, Identidade e Memória/ PUC-SP/CNPq, com participação em Seminários de Pesquisa, Congressos Internacionais e Jornadas de estudo.

Responsável: Prof.ª Dra. Maria Inês Batista Campos

Língua Portuguesa no ensino básico e superior: dos gêneros textuais/discursivos do livro didático, acadêmicos, jurídicos e políticos às estratégias de textualidade da oralidade e da escrita.

Descrição: Os resultados de diferentes avaliações a que são submetidos os alunos do ensino básico (Prova Brasil/SAEB, IDEB e PISA) apontam o frágil desempenho obtido por eles nas várias regiões do país. Diante dessa realidade, Língua Portuguesa no ensino básico e superior: dos gêneros textuais/ discursivos do livro didático, acadêmicos, jurídicos e políticos às estratégias de textualidade da oralidade e da escrita tem como objetivo principal fomentar o desenvolvimento de projetos de ensino e de pesquisa, com a finalidade de dar prioridade a Língua Portuguesa na educação básica e superior, integrando uma rede de professores pesquisadores, doutorandos, mestrandos e alunos de IC das três equipes envolvidas, contribuindo, assim, para o equilíbrio regional da pósgraduação (Universidade de São Paulo/SP, proponente / Universidade Federal do Rio Grande do Norte/RN, Associada I / Universidade do Vale do Rio dos Sinos/RS, Associada II). Assim sendo, apoiará a realização de missões regionais e nacionais, estágios sanduíches, Pós-Doc e a participação em eventos nacionais e internacionais (no Brasil e no exterior). Para este projeto, foram estabelecidas sete metas: a) desenvolver projetos de pesquisa em parceria em torno dos gêneros textuais/discursivos escolhidos para livros didáticos de Língua Portuguesa adotados em escolas públicas, focalizando as atividades de interpretação e de exploração de questões linguísticas; b) viabilizar a realização de projetos de pesquisa que tenham como dados gêneros discursivos / textuais coletados nas três IES que integram a proposta, em periódicos e livros da área; c) inovar no que concerne ao estudo de gêneros discursivos / textuais do domínio jurídico no Brasil, visando a uma melhor compreensão do discurso jurídico, a partir de uma abordagem discursivo-textual, o que viabilizará sua democratização e transparência; d) promover o desenvolvimento de projetos de pesquisa que analisem diferentes gêneros discursivos / textuais do domínio político, descrevendo estruturas linguísticas com vistas à análise e interpretação do ato de argumentar, dentro de uma dimensão social e discursivo-textual; e) desenvolver projetos de pesquisa que viabilizem a elaboração de sequências didáticas com vistas a uma atuação na formação de professores de língua portuguesa do ensino fundamental e médio; f) fomentar as condições necessárias para publicações conjuntas, disseminando a produção científica das três equipes; g) estimular a mobilidade dos professores e alunos envolvidos, por meio da realização de missões acadêmicas, divulgando, discutindo e ampliando os resultados propiciados pelas diferentes etapas da pesquisa. A equipe é formada por três coordenadoras, dez professores doutores e oitenta e sete alunos entre graduandos e pós-graduandos. Este projeto, com todas as suas atividades promovendo a interação científico-acadêmica entre os participantes, pretende como resultado, contribuir para uma melhoria na formação de toda a equipe envolvida por meio de um intenso trabalho de pesquisa no ensino de Língua Portuguesa e para isso estão previstas a) realização de 4 estágios pós-doutorais; b) inserção de 36 jovens na Iniciação Científica; c) realização de 24 missões de estudo ? mestrado sanduíche; d) realização de 24 missões de estudo: doutorado sanduíche; e) realização de 40 missões de missões de docência e pesquisa obrigatórias; e) 04 missões das coordenadoras; f) participação em eventos acadêmicos científicos no Brasil e no exterior.

Responsável: Prof.ª Dra. Maria Inês Batista Campos

Linguagem literária e ensino de língua materna

Descrição: Descrição de práticas escolares voltadas para o trabalho com o texto literário, visando a verificar como os seus diversos aspectos - gramaticais, discursivos e textuais- produzem efeitos de sentido.

Responsável: Prof.ª Dra. Norma Seltzer Goldstein

Gêneros e ensino de língua materna

Descrição: Trata-se de pesquisa voltada à análise de resultados do trabalho com gêneros em salas de aula do ensino de Língua Portuguesa em todos os níveis de ensino. A finalidade é obter subsídios que auxiliem os professores de português de ensino fundamental e médio. Dentre outros aspectos, pretende-se observar a estabilidade e instabilidade dos gêneros.

Responsável: Prof.ª Dra. Norma Seltzer Goldstein

Ensino-aprendizagem de português para falantes de outras línguas

Descrição: O objetivo deste projeto é descrever e analisar os processos de ensino-aquisição- aprendizagem do português como L2/LE por falantes de outras línguas, tanto estrangeiros residindo no Brasil, quanto comunidades indígenas.

Responsável: Prof.ª Dra. Rosane de Sá Amado

Análise automática de manifestações emocionais em PB: aplicações do programa ExProsodia

Descrição: O aprimoramento do aplicativo ExProsodia para a análise automática de manifestações emocionais exige a definição de parâmetros externos. Para isso pretende-se realizar a pesquisa a partir da análise da produção e da análise percepção da entoação na fala. A pesquisa conjugada entre a equipe que desenvolve o aplicativo nas Letras da FFLCH/USP e os professores e alunos dos cursos de Psicologia e de Veterinária da Faculdade Sudoeste Paulista (FSO), em Avaré. O interesse comum dessas instituições decorre especialmente da necessidade de se obter avaliações mais precisas relativas às manifestações emocionais tanto de indivíduos portadores de psicopatologias diversas, como esquizofrenia e psicopatia, em etapas anterior e posterior ao tratamento cinoterápico. Os dados serão coletados pelos alunos de ambas as instituições, analisados pelo ExProsodia® e interpretados pelos docentes e pesquisadores também da FSO e da USP. Os resultados obtidos com essas análises serão posteriormente aplicados em testes de percepção promovidos pela equipe da FSO no sentido de se verificar as respostas de indivíduos portadores de psicopatologias que apresentam dificuldade de percepção das informações emocionais na entoação da fala. Como elementos de comparação, foram definidos 30 parâmetros, considerando-se TM, F/E, duração, intensidade e pausa. A seleção dos parâmetros significativos será feita mediante os indicativos apresentados pelos testes estatísticos da análise de clusters e das comparações múltiplas de Tukey ou Tukey-Kramer, ou ainda do teste de Dunnet. Outras análises poderão ser realizadas, se necessárias. A aplicação desses parâmetros em conjunto com a análise feita pelo ExProsodia© permitirão a síntese de curvas entoacionais. Com base nessa síntese, serão feitos testes de percepção com o propósito de se certificar de que os parâmetros definidos como significativos são efetivos. O desenvolvimento do projeto, além da coleta de dados, das análises e das sínteses, envolverá uma etapa de treinamento no uso dos aplicativos de uma maneira geral. Haverá a necessidade de se instalar computadores com recursos mais poderosos para as análises nos núcleos de desenvolvimento do projeto. Os trabalhos deverão realizar-se durante os anos de 2013 até 2017.

Responsável: Prof. Dr. Waldemar Ferreira Netto

Gêneros do discurso, Letramento e Ensino de Língua Portuguesa

Descrição: O projeto tem por proposta discutir questões referentes ao ensino de língua portuguesa no que concerne à produção de textos e à promoção do letramento. Trata-se de observar os gêneros discursivos que circulam em nossa sociedade, em determinadas esferas (pedagógica/acadêmica, teatral e das redes sociais), a partir das modalidades falada e escrita da língua e que circulam em suportes diferenciados, para conhecer a situação atual e propor encaminhamento concernente à tipologia textual específica. O recorte recai sobre os processos de persuasão, buscando-se investigar a situação atual do ensino nessa direção, seja por meio da análise de livros didáticos, seja a partir de entrevistas a professores e alunos, após mais de duas décadas de implantação dos Parâmetros Curriculares Nacionais. As discussões em torno do letramento permeiam todo o trabalho, destacando-se a importância da leitura e produção dos diferentes gêneros que circulam em nossa sociedade, além do diálogo necessário entre os diferentes domínios discursivos. Observa-se, assim, a natureza multidisciplinar do projeto que pode, quando for o caso, dialogar com outras disciplinas do currículo escolar, especialmente, no que concerne às Artes. A discussão teórica faz-se a partir das pesquisas de Bakhtin (1992), Marcuschi (2004), Dolz e Schneuwly (2004), Fávero, Andrade e Aquino (2008) entre outros.

Responsável: Prof.ª Dra. Zilda Gaspar Oliveira de Aquino



Dr. Radut Consulting