Pular para Navegação

Docentes, disciplinas e projetos vinculados à linha "Linguística textual e Teorias do Discurso no Português"

Docentes

Prof.ª Dra. Lineide do Lago Salvador Mosca

Prof. Dr. Luiz Antônio da Silva

Prof.ª Dra. Maria Lúcia da Cunha Victório de Oliveira Andrade

Prof.ª Dra. Marli Quadros Leite

Prof. Dr. Paulo Roberto Gonçalves-Segundo

Prof.ª Dra. Sheila Vieira de Camargo Grillo

Prof. Dr. Valdir Heitor Barzotto

Prof.ª Dra. Zilda Gaspar Oliveira de Aquino


Disciplinas

Disciplinas introdutórias
Discurso, língua e metalinguagem
Discurso, retórica e argumentação

 
Disciplinas de aprofundamento
(Des)cortesia na interação professor/aluno(s) na sala de aula
Atenuação e atenuadores. Português e Espanhol: semelhanças e contrastes
Por uma Ciência Dialógica da Linguagem: Discurso, Enunciado e Relações Dialógicas
Gêneros discursivos: o projeto do Círculo de Bakhtin e suas perspectivas contemporâneas
Tópicos de pragmática e análise do discurso
Funcionalismo e discurso

Projetos

Retórica e Argumentação: exame de procedimentos discursivos (parte 3). Retórica da Linguagem, Retórica da Cultura

Descrição: O projeto parte do princípio de que o sentido é construído dentro de uma perspectiva cultural, envolvendo o trabalho das diversas linguagens, dentro de um quadro em que a linguagem verbal ocupa lugar de proeminência. Parte-se das concepções da retórica tradicional para chegar a um balanço do estado da arte na atualidade, em que os mais diversos códigos se interligam. Os postulados assumidos levam a um trabalho de natureza interdisciplinar no âmbito das Ciências Humanas, uma vez que envolve crenças, valores, opiniões e hierarquias/preferências. No plano das Ciências da Linguagem, transita-se entre a Pragmática, A Teoria do Texto e do Discurso, as Teorias da Enunciação e a Semiótica Discursiva. Ao projeto, liga-se o GERAR (Grupo de Estudos de Retórica e Argumentação), coordenado pela líder do grupo e responsável pelo projeto em questão. Destaque é dado às Teorias da Argumentação, com suas diversas correntes e tendências, por constituir a argumentação o cerne da Retórica e ter um caráter universal, assim como considerar as diferenças culturais, inerentes às situações argumentativas. Estudam-se os mecanismos mobilizados para a consecução dos propósitos dos interlocutores nas mais diversas situações sociais, assim como os efeitos por eles produzidos.

Responsável: Prof.ª Dra. Lineide do Lago Salvador Mosca

Estudos discursivos sobre mídia na USP e na UP: implicações teóricas e práticas

Descrição: Projeto de investigação e desenvolvimento em parceria entre duas comunidades científicas: a Universidade de São Paulo, por meio de corpo docente e discente da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) e da Faculdade de Educação (FE) e a Universidade do Porto (UP), por meio de corpo docente e discente da Faculdade de Letras (FLUP) e do Centro de Linguística (CLUP, unidade financiada pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, PEST-OE/LIN/UI0022/2011). Desse modo, o projeto deve abranger quatro campos: os estudos discursivos, estudos de mídia, formação de professores e ensino de Língua Portuguesa. O projeto tem como propósitos: 1) estudar a produção acadêmica com vistas a verificar o que tem sido feito nas duas Universidades na área que abrange os Estudos do Discurso, e 2)contribuir para o aprimoramento das pesquisas da área dos Estudos Linguísticos, em especial, daquelas que têm os discursos veiculados pela mídia como objeto de preocupação investigativo-científica, visando a compreender em que medida as especificidades desse objeto afetam a área em que é estudado, bem como os efeitos de tais estudos para a formação do professor com vistas à sua atuação junto a um aluno cada vez mais afeito à mídia.

Responsáveis: Prof. Dr. Luiz Antônio da Silva; Prof.ª Dra. Maria Lúcia da Cunha Victório de Oliveira Andrade; Prof. Dr. Valdir Heitor Barzotto(coord.); Prof.ª Dra. Zilda Gaspar Oliveira de Aquino

(Des)Cortesia no discurso acadêmico

Descrição: Este projeto tem por finalidade estudar questões interacionais que envolvem o discurso acadêmico, sobretudo o que se refere à cortesia e descortesia na interação professor/aluno(s).

Responsável: Prof. Dr. Luiz Antônio da Silva

Gêneros jornalísticos impressos - Parte II: historicidade, constituição e mudança numa perspectiva crítico discursiva

Descrição: Neste projeto, dedicamo-nos ao estudo do percurso histórico dos gêneros jornalísticos com o propósito de buscar, desde as primeiras publicações nos jornais paulistas do século XIX, reconstruir a constituição dos textos inseridos no jornalismo do século XIX ao XXI e identificar as modificações pelas quais os textos passaram, tomando como referência exemplares atuais, estabelecendo, assim, a relação entre diacronia e sincronia. Na perspectiva dos estudos diacrônicos, vários estudos, com distintos enfoques e direcionamentos, têm ganhado notoriedade. Nesse contexto, também estão inseridas es pesquisas que investigam as tradições discursivas e os estudos de linguística crítica. O tema proposto para este estudo está vinculado à Análise Crítica do Discurso, dentro da linha de pesquisa de Estudos do Discurso em Língua Portuguesa do Programa de Pós-Graduação em Filologia e Língua Portuguesa da FFLCH- Universidade de São Paulo, que busca estudar os diferentes gêneros discursivos numa perspectiva crítica. Nesta pesquisa procuraremos estabelecer uma interação entre a História , a Sociologia, o Jornalismo e a Linguística, numa abordagem multidisciplinar dos gêneros do discurso e da linguagem, visando a descrever a configuração linguístico-discursiva e social dos diversos gêneros que compõem a esfera jornalística impressa no estado de São Paulo.

Responsável: Prof.ª Dra. Maria Lúcia da Cunha Victório de Oliveira Andrade

Gramática, Cognição e Discurso

Descrição: O objetivo deste projeto é aprofundar o conhecimento das interrelações entre linguagem e cognição em perspectiva tanto gramatical quanto discursiva, enfatizando os processos de atenção e perspectivação, com base na Psicologia Cognitiva, na Linguística Cognitivo-Funcional e nos Estudos Crítico-Discursivos.

Responsável: Prof. Dr. Paulo Roberto Gonçalves-Segundo

Padrões de Negociação Intersubjetiva em Gêneros Orais e Escritos no Português Brasileiro: uma análise crítico-discursiva e sistêmico-funcional

Descrição: O objetivo do projeto é investigar a configuração do processo de negociação intersubjetiva em uma gama de gêneros discursivos orais e escritos no Português Brasileiro. Nesse sentido, busca-se, por meio da análise dos recursos interpessoais, a partir de uma visão sistêmico-funcional, em diálogo com os modelos crítico-discursivos, depreender os padrões linguístico-discursivos que permitem aos produtores textuais exercer poder e solidariedade, constituindo assim diferentes graus de instanciação de autoridade, credibilidade, intimidade no jogo interacional.

Responsável: Prof. Dr. Paulo Roberto Gonçalves-Segundo

Os textos de Volóchinov e a teoria dialógica da linguagem: introdução, tradução e notas

Descrição: O objetivo geral do projeto é aprofundar a compreensão de uma teoria dialógica do discurso, por meio da tradução de obras assinadas por Valentin Nikoláievitch Volóchinov escritas entre 1925 e 1930 ainda não vertidas diretamente do russo em língua portuguesa e do estudo do contexto histórico e intelectual desses trabalhos. Nesta nova etapa de nossa pesquisa, decidimos continuar a tradução e a pesquisa sobre o contexto acadêmico das obras do Círculo produzidas na década de 1920. Apesar da presença expressiva dos conceitos advindos dos trabalhos do Círculo de Bakhtin no contexto acadêmico e educacional brasileiro, a extensão da obra aliada às dificuldades advindas do contexto intelectual e da língua russa são responsáveis, entre outros, pelo fato de boa parte da obra, já traduzida em países ocidentais, não possuir versão em português ou possuir versões não diretas do original russo. Os objetivos específicos deste projeto são: - finalizar a retradução do livro “Marxismo e filosofia da linguagem. Problemas fundamentais do método sociológico na ciência da linguagem” a partir do original russo e realizar uma introdução crítica sobre a filosofia da linguagem e a linguística da Rússia e da União Soviética da segunda metade do século XIX e do início do século XX; - ampliar a compreensão da relação entre o método sociológico proposto em MFL e as principais correntes linguísticas em voga na época de sua escrita e publicação; - aprofundar a compreensão de conceitos-chaves da teoria dialógica nos textos assinados por Volóchinov, a saber: língua, signo ideológico, enunciado, interação verbal, ideologia do cotidiano, esferas ideológicas constituídas, relações dialógicas, gêneros do discurso, palavra alheia; - iniciar a tradução dos sete artigos assinado por Volóchinov acima mencionados, bem como a pesquisa bibliográfica sobre o contexto intelectual.

Responsável: Prof.ª Dra. Sheila Vieira de Camargo Grillo

Discurso Político e Discurso da Mídia: identidade, legitimidade e relações de Poder

Descrição: A proposta da pesquisa é proceder à discussão de questões voltadas à construção da identidade e da legitimidade no discurso, visando compreender o modo como estas se configuram no discurso político presidencial e na mídia impressa. Entende-se que tais esferas de circulação do discurso convivem como representações de força, em especial quando se trata do presidente da República e de suas ações. Parte-se da hipótese de que as discussões quanto à construção da identidade no mundo globalizado (HALL, (1992), BAUMAN (2000)) aplicam-se ao caso brasileiro de modo peculiar, ao se observarem pronunciamentos políticos internos e externos à nação proferidos por seu presidente. Além disso, as relações de poder que se evidenciam, por exemplo, entre presidente e instância cidadã, entram em jogo com aquelas apresentadas pelo discurso da mídia que aceita ou contesta determinadas posições. Metodologicamente, proceder-se-á à análise qualitativa dos dados - tendo em vista as dimensões, linguístico-discursiva, pragmática e argumentativa do discurso - e ao cruzamento dos mesmos em termos de sua incidência nos corpora. Os trabalhos de Chilton (2004), Charaudeau (2008) e Kerbrat-Orecchioni (2011), voltados ao discurso político e da mídia, as posições de Wodak (2007), Amossy (2008) e Fairclough (2008), referentes à identidade e relações de poder, além de estudos interdisciplinares no âmbito da Sociologia, Filosofia e Antropologia, embasam a pesquisa. Os corpora constituem-se de pronunciamentos da Presidenta da República Dilma Rousseff, coletados de janeiro de 2010 a dezembro de 2014 - intercurso de seu mandato - e de editoriais da Folha de S. Paulo e de O Estado de S. Paulo desse período.

Responsável: Prof.ª Dra. Zilda Gaspar Oliveira de Aquino



Dr. Radut Consulting