Pular para Navegação

Prof. Dr. Marcelo Módolo

Possui graduação em Letras (português e francês) pela Universidade de São Paulo (bacharelado e licenciatura: 1994); mestrado (1998) e doutorado (2004) em Filologia e Língua Portuguesa pela mesma Universidade. Pós-doutorado (2006) em linguística histórica e semântica cognitiva pelo Instituto de Estudos da Linguagem da Universidade Estadual de Campinas. Atualmente é professor de Filologia e Língua Portuguesa no Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Também editor da Revista Estudos Linguísticos do GEL e coautor, com o Professor Henrique Santos Braga,  da coluna Academia, publicada mensalmente na revista Língua Portuguesa, em que contribui para a divulgação científica de trabalhos do campo das Letras. Tem experiência na área de linguística e filologia, atuando principalmente nos seguintes temas: morfossintaxe do português de uma perspectiva cognitivo-funcionalista, filologia (crítica textual) de manuscritos modernos e divulgação científica.


Projetos de Pesquisa

1. A filologia de manuscritos modernos II: edição e estudo linguístico de textos para a história do português de São Paulo

Descrição: Esse projeto prevê a edição e estudo linguístico de manuscritos e textos paulistas dos sécs. XVI-XIX, depositados em fundos documentais diversos. Primeiramente apresentamos a língua como um fenômeno heterogêneo, a ser estudada a partir de certos parâmetros. O objetivo é mostrar que na organização de um córpus, nosso primeiro escopo, é preciso garantir sua representatividade, enquanto retrato de um fenômeno variado. Por conseguinte, faremos uma busca por tipologias textuais distintas, como: processos crimes, inventários e testamentos, atas de câmara, editoriais de jornais, memórias e diários históricos, cartas particulares, cartas oficiais, cartas de administração privada, cartas de administração pública, cartas de leitores e redatores de jornais, folhetins, teatro, dentre outras. Em um segundo momento, realizaremos estudos gramaticais e discursivos com esse material já filologicamente editado..

2. Aspectos morfossintáticos do português de uma perspectiva cognitivo-funcionalista

Descrição: Análise das relações morfossintáticas que se estabelecem entre um predicado e seu(s) argumento(s) em diferentes tipologias textuais do português contemporâneo, com o objetivo de detectar os processos de natureza cognitiva e de natureza pragmático-comunicativa que regulam as tendências de manifestação discursiva da estrutura argumental..

3. Bruxas Paulistas: Edição Filológica de Documentação sobre Feitiçaria

Descrição: Este Projeto visa à edição filológica de processos crime sobre feitiçaria do século XVIII, depositados no Arquivo da Cúria Metropolitana de São Paulo. O acervo reúne 12 processos ? abertos entre 1739 e 1771 ? que tratam de feitiçaria em terras paulistas. Além da edição de textos basilares que servirão para o estudo das relações sociais e históricas desse período, pretende-se explorar esses documentos linguisticamente, revelando traços morfossintáticos do português culto dessa época..

4. Grupo de Trabalho em Gramáticas: História, Descrição e Discurso

Descrição: O GT Gramáticas: história, descrição e discurso visa a reunir pesquisadores interessados na pesquisa da gramática como um instrumento linguístico importante tanto à constituição quanto à divulgação (pela incorporação) de teorias vigentes ao longo do tempo, ou em épocas determinadas. O ponto de partida e agregação dos trabalhos, portanto, é o objeto de estudo: a gramática..

5. Projeto Para uma História do Português Brasileiro

Descrição: O Projeto Para uma História do Português Brasileiro constituiu-se a partir do I Seminário para a História do Português Brasileiro, realizado em abril de 1997 pelo Programa de Pós-Graduação em Filologia e Língua Portuguesa da Universidade de São Paulo (USP). Esse encontro, por sua vez, foi o resultado da articulação entre vários projetos pessoais e coletivos que, a partir de momentos distintos durante a década de 90, se haviam ocupado das questões histórico-lingüísticas envolvidas na formação do português brasileiro. Coube aos Professores Doutores Ataliba de Castilho e Rosa Virgínia Mattos e Silva a tarefa de reunir, naquele primeiro seminário, professores, pós-graduandos e graduandos a fim de estabelecer as primeiras idéias de uma investigação coordenada. Essa iniciativa garantiu a continuidade do trabalho sob um mesmo plano geral, oficializando assim o Projeto Nacional Integrado Para a história do português brasileiro dividido em equipes regionais por todo o país. Nesse Projeto ?juntamente com o Prof. Dr. Afranio Gonçalves Barbosa (UFRJ) ? coordeno a Equipe de Linguística de Corpus.


Grupos de Pesquisa

Etimologia da Língua Portuguesa

site / DGP

Gramáticas: história, descrição e discurso

site / DGP

NUPESDD - Núcleo de Pesquisa e Estudos Sociolinguísticos, Dialetológicos e Discursivos

site / DGP


 

Email: modolo@usp.br

Currículo Lattes



Dr. Radut Consulting